Os jovens e o acompanhamento da informação sobre a atualidade: análise de estudos e o impacto de novas práticas mediáticas

Ana Isabel Melro, Sara Pereira

Abstract


Baseado em dados de relatórios estatísticos, procurou-se refletir sobre as tendências de acompanhamento da informação da atualidade no quotidiano dos jovens, nos últimos anos, e como tais tendências podem contribuir para uma maior participação cívica. Nos três estudos analisados, dois internacionais e um nacional (Pew Research Center (2012), Reuters Institute for the Study of Journalism (2013) e Marktest (2012), respetivamente), observou-se, de modo geral, um aumento pela preferência de conteúdos mediáticos situados entre a esfera da informação e do entretenimento, entre os jovens, em detrimento de assuntos políticos. Paralelamente, na literatura existente algumas correntes argumentam que o acompanhamento de soft news pode comprometer o futuro dos media e da democracia, enquanto outras defendem que aquelas poderão ter um impacto positivo na formação dos jovens cidadãos, encorajando-os a pensar criticamente acerca da atualidade. Apesar do debate controverso, argumenta-se que o caminho para a cidadania reside sobretudo no desenvolvimento de competências críticas sobre a informação e na capacidade dos jovens cidadãos exprimirem interesses e ideologias, fazendo uso das potencialidades das novas ferramentas. Este artigo insere-se na Bolsa de Doutoramento “O (des)interesse dos jovens pela atualidade: estudo sobre o papel dos media na informação sobre o mundo” (SFRH/BD/94791/2013) financiada pela FCT, QREN e POPH.

Keywords


Jovens, notícias, informação, cidadania, literacia mediática

Full Text:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15847/obsOBS1032016998

License URL: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.0/