Problematizar para intervir: rádio online e educação para os media como estratégia de inclusão de jovens

Maria José Brites, Sílvio Correia dos Santos, Ana Jorge, Catarina Navio

Abstract


A educação para os media tem sido uma área incentivada pelas instituições internacionais, como parte de uma educação cívica, e em Portugal tem registado progressos, embora subsista alguma fragmentação. O RadioActive, financiado pela Comissão Europeia, propõe-se explorar as potencialidades da educação para os media com objetivos de empoderamento e participação de crianças e jovens em contextos de carência ou exclusão. O projeto utiliza as potencialidades da rádio em ambiente digital para estimular a inclusão e reforço de capacidades dos jovens participantes. A sua metodologia é de Investigação-Ação Participativa, fortemente inspirada em Paulo Freire, trabalhando com um framework adaptável aos contextos em que atua, para envolver e criar resultados sustentados. A sua proposta foca-se, assim, nos interesses e motivações pessoais, nos conhecimentos de media e digitais já existentes, bem como na adaptação do projeto à comunidade em que se insere.
Neste artigo, argumentamos pela relevância de uma etapa de problematização para os programas de educação para os media orientados para uma mudança social, com vista à sua sustentabilidade. Discutimos a implementação desta etapa nos três projetos parceiros do RadioActive em Portugal, depois de realizados grupos de foco, entrevistas e observações, e apresentamos os resultados preliminares do projeto.

Keywords


Webradio; youth; lifelong learning; citizenship; media education

Full Text:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15847/obsOBS812014714