Teoria da Participação Pública na Internet

João Fernando Ferreira Gonçalves

Abstract


A participação pública online aparenta ser aleatória, supérflua e imprevisível, mas um olhar mais atento permite desconstruir categorias e padrões que não só explicam os novos mecanismos permitidos pela Web como apontam novas possibilidades para a participação nas organizações.
Usando o método da teoria fundamentada nos dados de Strauss e Glaser (1969), foi realizada uma análise comparativa a vários mecanismos de participação pública na internet. O estudo mostrou que a credibilidade, motivação e acesso são centrais para a morfologia e sucesso dos novos movimentos sociais e propõe uma base estruturada para a discussão das organizações sociais espontâneas virtuais.

Keywords


Participation; theory; access; credibility; motivation

Full Text:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15847/obsOBS722013654