As tecnologias de Videoconferência no Ensino Superior Público Português: Tendências e Boas Práticas

Samuel Frazão Martins, Lídia Oliveira

Abstract


Nos últimos anos, o grande desenvolvimento das infra-estruturas de banda larga que ocorreram especialmente nas redes nacionais e internacionais de investigação permitiu um grande desenvolvimento das tecnologias de videoconferência. A proliferação de sistemas de videoconferência em Instituições de Ensino Superior (IES) e a sua integração nas actividades habituais destas instituições exigem uma investigação aprofundada sobre a sua utilização e torna-se pertinente identificar as boas práticas e as tendências de apropriação das tecnologias de videoconferência nas dinâmicas cognitivas e sociais ao nível da formação, da investigação, da gestão e da cooperação com o exterior.
Apresentam-se os resultados da investigação que se centrou na utilização das tecnologias de videoconferência nas IES públicas portuguesas e, especialmente, na análise das tendências verificadas ao nível do uso destas tecnologias e respectivas boas práticas, no ensino superior público português.
Numa fase inicial, a investigação incluiu uma abordagem a várias IES públicas portuguesas para analisar um conjunto de informações focadas na utilização das infra-estruturas de videoconferência e na exploração do seu potencial. Esta abordagem realizou-se através de uma significativa recolha de dados sobre a frequência e tipos de uso, sobre as tecnologias utilizadas e os métodos de utilização, sobre os objectivos dessa utilização e os objectivos das interacções. Numa segunda fase existiu uma análise da utilização das tecnologias de videoconferência no ambiente de ensino superior com o objectivo de gerar uma compreensão aprofundada sobre os usos, as tendências e as potencialidades destas tecnologias nas IES através da identificação de práticas e percepções dos utilizadores dos sistemas de videoconferência. Nesta fase existiu uma abordagem a professores e estudantes que tiveram uma profunda experiência na utilização da videoconferência.
Com esta investigação visou-se traçar o quadro geral do uso das tecnologias de videoconferências nas IES públicas em Portugal e propor um conjunto de recomendações promotoras do uso e da dinamização de boas práticas.

Keywords


Videoconferência, ensino superior, telepresença, e-learning, b-learning

Full Text:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15847/obsOBS542011510