Ideas para revitalizar o Xornalismo diante do novo escenario da Sociedade da Información

Xosé Lopez

Abstract


A fase actual de tránsito da Sociedade Industrial, que dispón dunha infraestrutura analóxica, á Sociedade da Información, que descansará sobre unha infraestrutura dixital, está provocando importantes cambios no hipersector da comunicación, algunha confusión e moitos interrogantes. A chegada dunha tecnoloxía de substitución esperta moitas ilusións, algunhas sen dúbida infundadas, e unha nova oportunidade para redefinir estratexias. Este e, pois, o momento que teñen os diarios para repensar o futuro e tentar definir o seu papel no novo escenario. Se queren sobrevivir, amais de cumprir diariamente co seu cometido de ofrecer produtos de calidade, terán que anticiparse ao futuro. Só quen consiga facelo contará con posibilidades de chegar ao 2100.


Challenges for Journalism in the new scenario of the Information Society

Today's transitional stage from the Industrial Society based on an analogical infrastructure to the Information Society based on a digital infrastructure, is creating important changes in the communication hypersector, but also raising several questions. The emergence of a technology of substitution awakes many hopes, some of them clearly groundless, and a new opportunity to redefine strategies. This paper argues that for traditional newspapers, it is a time to rethink the future and try to define their space in the Information Society. If traditional newspapers want to survive, they must innovate and be ahead of their time, adding new functions to the quality of their journalistic work. Only the newspapers that will be able to meet such challenge will reach the year 2100.


Ideias para revitalizar o Jornalismo perante o novo cenário da Sociedade da Informação

A actual fase de transição da sociedade industrial - baseada numa infraestrutura analógica – para a sociedade da informação – baseada numa infraestrutura digital, tem provocado importantes mudanças no hipersector da comunicação, e suscitado alguma confusão e muitas interrogações. A chegada de uma tecnologia de substituição desperta muitas ilusões, algumas dúvidas infundadas, e uma nova oportunidade para redefinir estratégias. Este é, pois, o momento para os jornais diários repensarem o seu futuro e redefinirem estratégias no novo contexto da sociedade da informação. Se os jornais tradicionais querem sobreviver, devem inovar e antecipar o futuro acrescentando novas funções não prescindindo de garantir a qualidade do seu trabalho jornalístico. Apenas os jornais que conseguirem cumprir estes desafios chegarão ao ano 2010.

Keywords


xornalismo, infraestruturas analóxica e dixital, journalism, analogic, digital infrastructure

Full Text:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15847/obsOBS11200734