As redes sociais e o viés da negatividade. As fontes de informação e a satisfação com a democracia entre estudantes do ensino superior

Gil Baptista Ferreira

Abstract


O presente artigo descreve a importância do viés da negatividade nos media, e como essa dimensão surge hoje com novas formas e um alcance mais profundo. A partir de uma amostra composta por 160 adultos jovens, aprecia a relação existente entre interesse por assuntos políticos e a escolha da principal fonte de informação, para questionar, face a essa escolha, as diferenças de satisfação com a democracia que os indivíduos apresentam. Parte da hipótese de que o consumo privilegiado de informação nos media sociais ou nos media convencionais terá efeitos distintos sobre a satisfação com o funcionamento da democracia. Quantifica os níveis de atividade dos indivíduos nas redes sociais (publicações e partilhas), cruzando-os com os níveis de satisfação. Apreciados estes dados, e confirmando-se as hipóteses que lhe subjazem, o artigo sugere a existência de um viés de negatividade sobre assuntos políticos nas redes sociais, construído por muitos dos seus utilizadores, que tende a promover a insatisfação naqueles que as usam como fonte de informação principal.

Keywords


Media Sociais; Viés da negatividade; Fontes de informação; Satisfação coma democracia.

Full Text:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15847/obsOBS15220211743

License URL: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.0/