Imprensa regional, meios digitais e a (nova) diáspora

José Ricardo Carvalheiro, Ricardo Morais, Giovanni Ramos

Abstract


Esta pesquisa assenta nas noções de diáspora, imprensa e digital, cuja interseção aponta para um cenário específico dos nossos dias. Um cenário de circulações composto ao mesmo tempo por pessoas, lugares, tecnologias, órgãos de comunicação e formas simbólicas. Uma geografia complexa e multidimensional, ligada por subjetividades e processos comunicativos, da qual também fazem parte os jornais regionais, tradicionalmente tidos como importante elo da diáspora portuguesa. Neste artigo indagamos qual a cobertura jornalística que tem sido dada pelos meios de comunicação regionais à diáspora num contexto já marcado pela digitalização e pela emigração de novas gerações. Para isso, empreendemos uma análise de conteúdo nas edições online de onze meios de comunicação da região Centro. Com base num corpus de 170 peças sobre emigração e através de um conjunto de variáveis, observamos que os media regionais continuam a fazer uma cobertura jornalística da diáspora limitada no tempo, destacando os atores e agentes institucionais e relegando, em muitas situações, para segundo plano o papel e a voz dos emigrantes. Apesar das oportunidades introduzidas pelo digital, verificamos que os projetos jornalísticos não têm tirado proveito dessas possibilidades para criar uma nova “rede de correspondentes” e outras formas de interagir com os emigrantes, mantendo assim um limitado acesso à diáspora.

Keywords


Diáspora; Emigração; Jornalismo Regional; Media digitais

Full Text:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15847/obsOBS15320211714

License URL: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.0/