Futebol de mulheres na agenda da mídia: uma análise temática da cobertura da Copa do Mundo de 2019 em sites jornalísticos brasileiros

Soraya Barreto Januário, Cecília Almeida Rodrigues Lima, Daniel Leal

Abstract


Este artigo apresenta uma análise da cobertura da Copa do Mundo de futebol feminino de 2019, em sites jornalísticos esportivos brasileiros (Globo Esporte, UOL Esporte, ESPN, Torcedores.com e Placar). O objetivo é mapear o espaço concedido ao mundial deste ano, em que houve aumento considerável na cobertura midiática televisiva, com partidas transmitidas pela TV Globo, líder de audiência no país, em comparação a edições anteriores. O artigo discute a relação entre os conceitos de agendamento e critérios de noticiabilidade para interpretar o crescimento quantitativo e qualitativo na cobertura dos portais sobre o futebol de mulheres, modalidade até pouco tempo praticamente invisível aos olhos da grande mídia. O método utilizado para processar e classificar as 926 unidades do corpus foi a análise de conteúdo, a partir da qual foi possível identificar padrões e recorrências temáticas na cobertura midiática da Copa. Entre os principais resultados, destacamos um crescimento de 533% no número de notícias entre as Copas de 2015 e 2019 nos sites esportivos brasileiros. A pesquisa é uma contribuição teórica à Sociologia do Jornalismo, à Ciência da Comunicação e aos estudos acerca do futebol de mulheres no Brasil.

Keywords


Futebol de mulheres; Jornalismo; Análise de conteúdo; Copa do Mundo feminina; Valor-notícia

Full Text:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15847/obsOBS14420201590

License URL: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.0/