Cobertura política da imprensa, efeitos da mídia e adesão à democracia no Brasil após os protestos de 2013

Uirá de Melo, Pedro Santos Mundim

Abstract


No Brasil, até 2013 os efeitos negativos dos casos de corrupção recaiam mais sobre a classe política do que à democracia. Mas frente à cobertura política da imprensa, que passou a tratar da falência da representação e das falhas do regime, esse artigo investiga os efeitos da mídia sobre o posicionamento dos cidadãos em relação ao sistema democrático. Com base em duas pesquisas de opinião pública nacionais realizadas em 2012 e 2014, estimamos os efeitos da exposição às notícias, uso da internet e atenção política sobre a adesão à comunidade política, o apoio à democracia e a performance do regime. Os resultados mostraram que a exposição às notícias passou a afetar, negativamente, as posições sobre o regime democrático. Isso não seria apenas mero reflexo da manipulação de corações e mentes de uma cobertura política mais negativa, segundo os adeptos da media malaise, mas uma evidência da capacidade dos cidadãos a serem mais críticos.

Keywords


adesão à democracia; efeitos da mídia; media malaise; cidadãos críticos; Lapop

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15847/obsOBS12520181421

License URL: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.0/