Reflexões sobre o papel do Jornalismo Ambiental diante dos riscos da sociedade contemporânea

Eloisa Beling Loose, Ângela Camana

Abstract


Este texto de caráter analítico-reflexivo pretende discutir o papel e as potencialidades do Jornalismo Ambiental, enquanto concepção transformadora do pensamento moderno e hegemônico – no qual homem e natureza aparecem separadas –, diante da perspectiva que a sociedade contemporânea está cercada por riscos advindos da intensificação da relação entre o capitalismo e o desenvolvimento tecnológico. Busca-se compreender como o Jornalismo Ambiental, comprometido com a sustentabilidade da vida, pode auxiliar no enfrentamento de tais riscos a partir de uma breve análise de notícias sobre deslizamentos publicadas sem levar em conta os preceitos de um jornalismo engajado nem o princípio de precaução – este último visto como fundamental quando se lida com incertezas.

Keywords


Jornalismo Ambiental; Riscos; Enfrentamento; Problemas ambientais; Princípio da precaução.

Full Text:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15847/obsOBS922015797