A notícia líquida na nova ecologia midiática

Anelise Rublescki

Abstract


O artigo repensa o próprio conceito de notícia na sociedade líquida, convergente e midiatizada. Evidencia que a nova ecologia midiática desequilibra o clássico binômio produção-recepção de notícias verticalmente mediadas por jornalistas e transfere a tônica para a circulação. Já não basta publicar: as notícias precisam ser filtradas pelos interagentes, reelaboradas, recomendadas para as redes sociais das plataformas digitais. Ao longo do processo, a notícia adquire um duplo estatuto: o enunciado no seu local de postagem inicial e os fluxos que se estabelecem entre os plurais espaços que se inserem no circuito da notícia online. O somatório desses fluxos resulta na caracterização da notícia líquida. Metodologicamente, trata-se de um trabalho de cunho teórico-analítico, a partir de revisão da literatura.

Keywords


jornalismo; notícia; notícia líquida; webnotícia

Full Text:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15847/obsOBS722013646