Plataformas de online dating: dinâmicas de incorporação e integração numa lógica de domesticação

Rita Sepúlveda, Jorge Vieira

Abstract


Entre o conjunto de aplicações disponíveis para smartphones as específicas de online dating têm sido alvo de atenção por parte da imprensa e da academia. Porém, este interesse não se traduziu numa tentativa de descrição e problematização de comportamentos no âmbito da domesticação das mesmas. Face a esta lacuna, este estudo tem como objetivo identificar e caracterizar padrões de uso em função da fase de incorporação e concluir face à integração das plataformas de online dating no quotidiano dos seus utilizadores. Para tal, recorreu-se a uma metodologia quantitativa através da aplicação de um questionário distribuído online e dirigido a utilizadores portugueses de plataformas de online dating (n=326). Foi realizada uma análise de correspondência múltipla (ACM) e uma análise de agrupamentos (clusters) que indiciou a existência de três perfis distintos. Os perfis diferenciaram-se em função da dimensão incorporação no âmbito da temporalidade (antiguidade, frequência e intensidade de uso) e da socialização (iniciativa no envio da primeira mensagem, contacto de perfis e rutura comunicacional sem motivo aparente), assim como em função da dimensão integração (partilha de contacto alternativo, procura de informação nas redes sociais online e partilha de perfis com outros). Tais características permitiram concluir que os perfis se distinguem em função da experiência e de uma utilização mais ou menos consolidada. Adicionalmente a distinção também reside na transposição das lógicas comunicacionais para o ecossistema dos media sociais mais alargado, evidenciando o dinamismo do processo de domesticação.

Keywords


Domesticação; plataformas online dating; Portugal; práticas

Full Text:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15847/obsOBS14320201579

License URL: http://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.0/